Entendendo & Vivendo

Ententendo e Vivendo

A Aliança De Deus Com Davi

Contexto

Na passagem da semana passada Davi trouxe a Arca para Jerusalém. O capítulo 16 tem o contexto da adoração com a presença da Arca na cidade de Davi. O capítulo 17 descreve a promessa de Deus ao rei Davi e a resposta do rei ao Senhor. Este é o início dos “anos dourados” para Israel, quando o rei é abençoado por causa de seu relacionamento com o Senhor, por extensão, o povo de Israel é abençoado através da liderança dele. Imediatamente após esta passagem, as vitórias militares de Davi são recontadas – vitórias que exemplifi cam o sucesso militar de Jerusalém.

 

O contexto da aliança davídica é crucial para o entendimento das palavras ditas por Jesus: “o Reino de Deus está próximo” (ou, como diz o original, “ao alcance das mãos”). A aliança davídica é a aliança do reino. Inerente a esta aliança está a realidade fundamental do relacionamento com Deus. Esta passagem mostra como Davi responde às palavras de Deus (através do profeta Natã) em oração. Você não consegue orar verdadeiramente sem se relacionar com Deus. A aliança serve como um laço formal através do qual o Reino de Deus vem para seu povo. Embora o termo hebraico berit (freqüentemente traduzido como aliança/pacto/ convenção) não apareça nesta passagem ou na passagem correspondente em 2 Samuel 7 não pode haver nenhuma dúvida que uma aliança estava sendo estabelecida neste momento da história de Israel. Tal pacto estava baseado no relacionamento que Davi tinha com seu Criador. No coração da aliança davídica está o “Princípio do Emanuel” – sabemos que nosso criador está conosco e é por nós em nossa jornada cristã chamada vida.

O cronista (historiador) preferiu dar uma expressão bastante surpreendente à noção da monarquia em Israel, uma noção que era inerente ao longo da história da nação. Quando Salomão foi estabelecido como o herdeiro legítimo e sucessor de Davi, o cronista ofereceu a análise dele do signifi cado do evento: “Assim Salomão se assentou no trono do Senhor, como rei em lugar de seu pai Davi...” (1 Crônicas 29:23). O cumprimento da aliança davídica alcançou seu ápice em Jesus Cristo. Podemos dizer que Davi e sua linhagem não cumpriram as obrigações previstas na aliança. Jesus Cristo, a semente de Davi, satisfez nele todas as obrigações da aliança. E não apenas cumpriu perfeitamente todos os estatutos, ordenanças e mandamentos da lei, tanto a Mosaica quanto o Decálogo, mas também suportou nele os julgamentos, levando sobre si o castigo merecido pela semente de Davi, por causa de suas violações à aliança.

Pano de fundo histórico

Profeta como conselheiro: Antes dos tempos de Samuel os profetas exerciam a liderança política através de seu ofício profético. Com a instalação da monarquia, o profeta passou a desempenhar um papel de conselheiro do rei. Ao invés de liderar o povo, como alguém que recebia as mensagens divinas, o profeta oferecia essa direção ao rei, que estava livre para aceitar ou recusar tal direcionamento.

Moradia de Cedro vs. Barraca: Era uma ocorrência comum no Oriente Médio antigo, um rei vitorioso demonstrar gratidão à sua deidade construindo um templo. Exemplos desse costume regressam a meados do terceiro milênio antes de Cristo entre os sumérios, continuam com os assírios e vão até os tempos babilônicos e persas. Esperavase que o templo trouxesse a proteção da deidade para o rei e para sua terra. Uma habitação permanente e luxuosa (construída de cedro) tinha a pretensão de assegurar a presença do Senhor e o seu beneplácito.

Aplicação

Uma das mais importantes alianças que você fi rmou como cristão é aquela que fez quando se tornou membro de sua Igreja Batista do Sétimo Dia. Você já parou para pensar o quão importante é ser membro em sua lgreja? Você alguma vez pensou no fato de que você tem uma aliança, ou seja, compromisso com seus irmãos e irmãs no Senhor de servir à sua comunidade e de ser uma luz para Cristo onde você trabalha e reside? Penso que freqüentemente nós minimizamos a importância da membresia na Igreja. Na igreja em que sirvo atualmente, nosso processo de membresia é tal, que primeiro a pessoa se torna um membro associado (não-votante) durante um ano antes de ser considerado membro pleno (podendo votar e ser votado). Eu creio que este processo é bom para que o membro e a congregação se conheçam e o novo membro entenda que o seu envolvimento pleno na igreja local é um processo. Quando você assume uma aliança (ou convênio) com seus irmãos e irmãs, haverá discordâncias e desafi os no caminho. Você se manterá firme durante as tempestades? Para continuar a desenvolver seu ministério como igreja, cada congregação carece que seus membros lidem com estes tipos de discordâncias e desafi os num espírito amável. Temos que aprender que podemos discordar de algumas idéias de nossos irmãos (idéias que não envolvam questões de salvação), porém acima de tudo deve estar nosso amor para com todos os nossos irmãos.

Como mencionado no pano de fundo histórico, acerca do papel dos profetas na monarquia israelita, o profeta Natã desempenhou um papel importantíssimo na vida do rei Davi. Ele era um sábio e confi ável conselheiro. Além de seu cônjuge, quem mais você tem como um conselheiro confi ável? Eu sou afortunado pelo relacionamento muito especial e único que tenho com meu pai, que tem sido um bom conselheiro em minha vida. Ele me conhece bem o sufi ciente para me desafi ar. Sabe que a aliança de amor que temos vai além das discordâncias que possamos ter.

Eu encorajo os irmãos e irmãs que Deus tem confi ado aos meus cuidados a procurarem conselheiros espirituais em sua vida cristã, pessoas com quem possam desabafar e orar juntos. Talvez possam desempenhar um papel similar ao que Natã teve na vida de Davi, e nos apontar para o arrependimento e um relacionamento mais íntimo com o Senhor. Às vezes precisamos de pessoas que possam ver em nossa vida e mostrar áreas que o Senhor não aprovaria. É necessário ser humilde para ouvir tais “palavras proféticas” de nossos irmãos e irmãs. Se aprendermos a ouvir a voz do Senhor e a ver a mão de Deus a nos guiar através de nossos lideres espirituais, e também de irmãos e irmãs, gozaremos de maior intimidade com Deus e seremos mais abençoados por ele.

comments

Grupo de intercessão

Grupo de oração"Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." Tiago 5:16

Quer ser um evangelista?

PregadorA seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara. Mateus 9:37-38 
Conheça o TIME e seja um evangelista

Curso Libertos Pela Verdade

Curso Libertos Pela VerdadeEste curso, baseado inteiramente na Bíblia, tem por objetivo apresentar o maravilhoso plano de Deus. A bíblia diz: "tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem..." Eclesiastes 3:11. Ele quer que vivamos a eternidade com Ele.

Curso de Finanças

PorquinhoEstamos analisando a possibilidade de oferecer um curso de finanças cuja missão será de ensinar às pessoas os princípios financeiros de Deus, para que conheçam a Cristo mais intimamente e sejam livres para servi-lo.
O que você acha? Você se inscreveria? Dê a sua opinião!

Você está aqui: Página Inicial Estudo Semanal Entendendo e Vivendo A Aliança De Deus Com Davi