Entendendo & Vivendo

Ententendo e Vivendo

Raabe ajuda Israel

Deus escolhe uma mulher comum

No começo de Josué 2 os Israelitas estão acampados pelo caminho do rio Jordão, em Jericó. Muito antes do povo de Israel ter alcançado o Jordão e cruzado a terra prometida, palavra dos milagres e vitórias deles viajaram até Jericó. Por quarenta anos os cananeus ouviram falar da travessia do Mar Vermelho; da condução por Deus dos israelitas através da imensidão e das recentes campanhas militares destes. Os cananeus eram uma sociedade violenta e corrompida. Deus pretendia que seu povo os atacassem e reclamassem a terra que era deles. Entretanto, primeiro Deus utilizaria uma pessoa bastante comum para uma tarefa extraordinária.

 

O que sabemos sobre Raabe? Ela era uma cananéia, uma mulher e uma prostituta completamente desrespeitada no mundo dela. Entretanto, era também uma mulher de fé e coragem, uma verdadeira heroína numa época de temor e violência. O espírito e bravura de Raabe nos falam através dos séculos. O seu valor aumenta, e seu exemplo atravessa gerações, primeiro durante a época de Josué, então como exemplo aos novos cristãos, e agora para nós do século vinte e um. A vida dela é uma forte ilustração da importância do compromisso de pelo menos um indivíduo.

Por que Raabe?

Raabe era a única moradora daquela cidade a levar a sério a noção do Deus de Israel: “O que ouvindo, desfaleceu o nosso coração, e em ninguém mais há ânimo algum, por causa da vossa presença...” (Josué 2:11a). Ela não tinha visto os milagres de Deus, mas acreditou. Ela sabia que “o Senhor vosso Deus é Deus em cima nos céus e embaixo na terra” (Josué 2:11–b). Alguma coisa poderosa residia em Raabe, capacitando-a para virar as suas costas para o seu povo e arriscar tudo para salvar-se, à sua família e aos Israelitas. Deus plantou as sementes de fé no coração dela. Ele a escolheu para fazer uma grande obra. O Senhor a escolheu para fazer toda a diferença para o futuro do povo dele.

O que Raabe tinha de mais? Muitos fatores agiram em Raabe para ter sido a pessoa certa para um trabalho tão específico. Ela era basicamente uma meretriz. A missão dela a tornava uma pária, mesmo na cultura cananéia corrompida, na qual a mulher tinha pouco valor. Ela provavelmente era proprietária ou dirigia uma pousada nos muros da cidade de Jericó. Escavações mais recentes das ruínas de Jericó mostram a possibilidade da construção de cabanas entre os dois muros que cercavam a cidade. Naquele tempo, bordéis eram sinônimos de pousadas, os lugares onde os viajantes faziam o pernoite. Josué dissera para seus espiões buscarem pela casa de Raabe. Ela era parte do plano antes deste começar.

Quando os espiões vieram para Jericó, “eles foram e vieram para a casa de uma prostituta cujo nome era Raabe, e dormiram ali” (Josué 2:1b). Então, o rei mandou dizer para tirar fora os homens e, primeiro, ela os escondeu, e depois mentiu. Por alguma razão, ela enganara os homens do rei. Mesmo que seja pecado mentir, Raabe estava agindo como achava que deveria. Ela era esperta e astuta e usava a inteligência para fazer escolhas sábias. Raabe era capaz de dar avisos inteligentes aos espiões: “Ide-vos ao monte, para que, porventura, não vos encontre os perseguidores, e escondei-vos lá três dias, até que voltem os perseguidores, e depois ide pelo vosso caminho” (Josué 2:16).

Porque ela confiou em Deus

Raabe mostrou grande força de caráter porque Deus tocara a sua alma. Antes de qualquer israelita entrar na vida dela, ela tinha permitido ao Espírito de Deus falasse ao seu coração, aceitou a autoridade dele e acreditou no seu poder. Ela já conhecia a Verdade, e a sua fé em Deus era forte e certa. É surpreendente que alguém no estado dela tivesse tal compreensão e visão. Ela desejava crer que Deus a protegeria. Assim como ele faz com todos nós, Deus conhecia a força de Raabe e a vontade dela de abrir o coração. Ele começou uma obra poderosa em Raabe, e a influência dela seria sentida daquele dia em diante.

Um dos exemplos mais fortes do caráter de Raabe era o seu amor e a preocupação para com a própria família. Em Josué 2;12–13, Raabe diz aos espiões que estava escondendo, “...que, como usei de misericórdia convosco, vós também usareis de misericórdia para com a casa de meu pai, e dai-me um sinal seguro de que conservareis com vida a meu pai e a minha mãe, como também aos meus irmãos e as minhas irmãs, com tudo o que têm, e de que livrareis nossa vida da morte”. Raabe, sendo uma prostituta, provavelmente, não era muito estimada por sua família. Ela era uma vergonha para eles. Contudo, o amor por sua família era forte. O compromisso dela com eles superava qualquer ressentimento ou rancor. Ela sabia o que estava chegando e pretendia salvá-los.

A força e ousadia de Raabe são traços essenciais para nós no mundo atual. A sua fé, confiança e amor são cruciais também. A fé dela em Deus a impulsionou às grandes obras. Entretanto, apenas a sua abertura ao Deus hebreu e a sua fé nele como o Deus verdadeiro não seriam suficientes, ela teria de agir decisiva e rapidamente. Ela confiava nos espiões israelitas. Assim como a vida deles estava nas mãos dela, a sua vida e as de sua família estavam nas mãos deles.

Na maior parte do tempo, não nos deparamos com tais perigos de longo alcance e cujos resultados alteram a vida. Ao menos, é o que achamos. Nós vivemos cada dia como qualquer outro dia. Raramente enfrentamos tais testes à nossa fé, mas somos testados todos os dias, até mesmo com pouca coisa. A pergunta que importa é esta: Estamos prontos? Temos a mente aberta para confiar em Deus como fez Raabe? Nós, como cristãos que somos, temos muito conhecimento de Deus, mesmo assim hesitamos em sair da nossa zona de conforto e tomar ações ousadas por Deus.

Um legado em progresso

Muito depois da utilidade inicial de Raabe, Deus continuou a usá-la como exemplo de grande fé e obras. Ela é mencionada em dois dos livros do Novo Testamento. O autor de Hebreus cita a fé dela:

“Pela fé Raabe, a meretriz, não pereceu com os incrédulos, acolhendo em paz os espias (Hebreus 11:31). Tiago enaltece o trabalho dela: “E de igual modo Raabe, a meretriz, não foi também justificada pelas obras, quando recolheu os emissários e os despediu por outro caminho”?” (Tiago 2 25).

Enfim, Raabe foi aceita dentro da sociedade dos israelitas por causa da sua coragem. Para alguém como ela, este era verdadeiramente um ato de Deus. Ela tornou-se um respeitado membro da nação de Israel. Ela se casou com um líder tribal, Salomão, e tornou-se mãe de Boaz, a tataravó do rei Davi, e ancestral de José e Maria, o pai e a mãe terrenos de Jesus. Deus tomou uma vida comum, com dor e rejeição, e transformou-a em salvação, redenção e graça. Ele pode fazer o mesmo para cada um de nós também!

comments

Grupo de intercessão

Grupo de oração"Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos." Tiago 5:16

Quer ser um evangelista?

PregadorA seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara. Mateus 9:37-38 
Conheça o TIME e seja um evangelista

Curso Libertos Pela Verdade

Curso Libertos Pela VerdadeEste curso, baseado inteiramente na Bíblia, tem por objetivo apresentar o maravilhoso plano de Deus. A bíblia diz: "tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem..." Eclesiastes 3:11. Ele quer que vivamos a eternidade com Ele.

Curso de Finanças

PorquinhoEstamos analisando a possibilidade de oferecer um curso de finanças cuja missão será de ensinar às pessoas os princípios financeiros de Deus, para que conheçam a Cristo mais intimamente e sejam livres para servi-lo.
O que você acha? Você se inscreveria? Dê a sua opinião!